[FP] Annabeth L. M. Vondevoort

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[FP] Annabeth L. M. Vondevoort

Mensagem por Annabeth Vondevoort em Sex Jan 25, 2013 10:58 pm


Você já se perguntou se somos nós que fazemos os momentos em nossas vidas ou se são os momentos da nossa vida nos fazem?
Ficha de Personagem


Nome Completo: Annabeth Lawrence Marie Vondevoort

Idade: 16 Anos

Residência: Acampamento SN

Voo: Sou meio desajeitada quando vou voar, tive algumas aulas, mas não pratiquei muito. Apesar de não ser muito boa no voo, eu adoro voar, eu me sinto livre. Quando vento bate no meu rosto, eu sinto aquela sensação de liberdade e paz.

Como caiu: Não me lembro de nada. A única coisa que eu lembro, é que quando abri os meus olhos eu estava diante de uma enfermeira, num hospital.

Fiquei perdida por muito tempo, as enfermeiras e os médicos perguntaram se eu tinha algum contato, telefone, celular, e-mails, parentes... Eu estava sozinha, não tinha ninguém. Fiquei bastante tempo naquele hospital, até me levaram para um orfanato, onde fui criada por pessoas ótimas. Apesar da pobreza que consumia o local, nós éramos felizes. Mas a dona do orfanato viera a falecer no mês de dezembro, na véspera de Natal. Tiveram que fechar o orfanato e eu fiquei na rua, literalmente, com um anjo caído, uma criança perdida, tentando encontrar o seu lugar.

Personalidade: Me considero uma pessoa calma e paciente. Acho que também sou uma boa ouvinte e conselheira também, principalmente uma conselheira amorosa, alguns amigos meus dizem que eu sou um cupido, haha.
Gosto de ajudar as pessoas, principalmente as que eu amo. Às vezes de tanto querer ajudar, acabo sendo intrometida, esse é um dos meus defeitos.
Todos os meus amigos dizem que eu daria uma ótima psicóloga.

História:

Caí na Rússia, em São Petersburgo.
Me encontraram na rua, inconsciente. Me levaram para um hospital que ficava no centro da cidade.
O hospital era vazio, um pouco abandonado. Já que eu não tinha parentes, a enfermeira deixou eu ficar por lá, por algum tempo.

Por mais inacreditável que pareça, fiquei lá por 4 anos. Cresci com as crianças que moravam no hospital, isso não foi bom. Eu as via sofrendo e tomava as dores delas... Eu presenciava mortes, crises e ataques. Foi num desses momentos em que eu descobri que podia cura-las.
Eu descobri que era um anjo. Dentro dos meus sonhos eu viajava para outras dimensões, me via no céu, me imaginava voando... Com o tempo eu percebi que os meus “sonhos” eram lembranças do meu passado.

Com o tempo o hospital foi ficando abandonado e eu fui morar num orfanato, o que não fazia muita diferença, pois o orfanato estava caindo aos pedaços.

Logo que cheguei lá, simpatizei com a dona do orfanato, ela também era a nossa professora de História.
Lá no orfanato recebíamos aulas semanalmente, eram improvisadas, pois não tinham dinheiro para pagar professores descentes.

Nós éramos realmente muito humildes. Usamos roupas que conseguíamos na caridade, dormíamos em camas quebradas, só tínhamos um banheiro para várias crianças, o dinheiro que arrecadávamos quase não nos alimentava, e sem contar no estado precário em que se encontrava o orfanato. Mas nós tínhamos esperança e fé, e mais do que tudo, erámos unidos.

Depois de alguns anos, a Sra. Smith, dona do orfanato, faleceu e tivemos que fechar.

A maioria das crianças que viviam ali foram morar nas ruas da cidade de São Petersburgo, inclusive eu. Algumas amigas minhas trabalharam de forma suja para conseguir um “lar”, algumas se drogaram e morreram, outras tiveram a sorte de serem transferidas para outro internato e outros, como eu, ficaram vagando pelas ruas.

Certo dia, quando eu estava dormindo, senti algo pinicando a minhas costas, pensei que era um bicho ou então sei lá, mas nunca imaginaria que seriam as asas. Elas se abriram no meio da noite, minha amiga que estava do meu lado quase teve um ataque cardíaco. Fui levada para os ares de uma forma brutal e de repente eu estava voando, passando pelas nuvens de forma desajeitada, até que eu vim parar aqui, no acampamento SN.

Aqui eu encontrei pessoas iguais a mim, sobrenaturais. Eu recomecei a minha vida e apaguei o passado.

Como é ser anjo: É bom. Somos seres celestiais e vivemos propagando o bem. Somos seres de luz e podemos voar, o céu é mais que o limite!

PhotoPlayer: Jennifer Lawrence.

clothes: this ~ notes: notas sobre o post ~ lyrics: violet hill - coldplay ~ thanks, baby doll at etvdf!


Última edição por Annabeth Vondevoort em Dom Mar 03, 2013 2:24 pm, editado 2 vez(es)
avatar
Annabeth Vondevoort
Anjos Caídos

Mensagens : 11
Localização : Acampamento SN

Informações
PhotoPlayer: Jennifer Lawrence
Raça: Anjo Caído

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] Annabeth L. M. Vondevoort

Mensagem por Lyanna Steigleder em Sab Jan 26, 2013 5:33 pm

Aprovada

_ _ _ _ Acampamento SobreNatural RPG _ _ _ _

Lyanna Steigleder

Guardiã dos Anjos Caídos :: Seventeen :: Like a Angel :: Sweet and Sexy :: Little Princess :: Absolutely Girly
avatar
Lyanna Steigleder
Administrador

Mensagens : 183
Localização : Céu, terra...

Informações
PhotoPlayer: Selena Gomez
Raça: Anja Caída

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum