Lago de Gelo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Lago de Gelo

Mensagem por Anne Laurousen em Ter Mar 20, 2012 8:51 pm

Relembrando a primeira mensagem :

---------------------------------------



Um lago congelado e muito procurado pelos campistas para patinar. Mesmo no verão este lago é coberto de gelo. Dizem que isso ocorre por causa de magia...

---------------------------------------

_ _ _ _ Acampamento SobreNatural RPG _ _ _ _

avatar
Anne Laurousen
Administrador

Mensagens : 107
Localização : Acampamento

Informações
PhotoPlayer: Lily Collins
Raça: Fantasma

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo


Re: Lago de Gelo

Mensagem por Christian Markwell em Dom Jun 16, 2013 1:45 am


Lago de Gelo

LEMBRANÇAS AMARGAS E ATAQUE - @


Rose diz que precisa ir trabalhar. Fico um pouco surpreso, mas também orgulhoso. Não se explicar o porque; apenas sei que estou. Rose de fato pode ser responsável, quando quer. 

Sem querer acabo dando um meio sorriso, raros quando se trata de mim, assim que ela fala que nem tudo está pedido para mim. E depois me surpreendo. Ela me convidando para ir junto? Não é todo dia que isso acontece. Ninguém me surpreende há tanto tempo...

Em um momento, pego-me olhando para a boca dela. Repreendo a mim mesmo. Poderia eu estar ficando apaixonado por minha própria aluna? Eu não posso. É proibido. Na verdade, é uma das leis dos humanos. Olhando fixo nos olhos delas, respondo: - Não acho uma boa ideia. Também tenho trabalho para fazer. E muito.



avatar
Christian Markwell
Comandante dos Guardiões

Mensagens : 158
Localização : Black Castle + Londres

Informações
PhotoPlayer: Matt Dallas
Raça: Filho das Sombras

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lago de Gelo

Mensagem por Megan Ivashkov em Dom Jun 16, 2013 10:45 pm




You're Toxic!

You're dangerous, I'm lovin' it!


O comandante não aceita minha oferta super, super, gentil. Ele teria olhado para a minha boca, segundos antes, ou foi só impressão? E ele também tinha sorrido, e ficado claramente surpreso com o convite, eu vi. Mas não aceitou.
Você não sabe o que vai perder.
Digo olhando para meu esmalte preto. Mesmo com toda a briga com o cara, não tinha lascado! Volto meu olhar para o comandante e ando devagar até ele. Só para lhe dar um beijo rapidinho. Provocação, claro!
Beijinho de despedida.
Explico, sorrindo maliciosa. Vou andando, mas paro um pouco antes de perder ele de vista.
Ah! Semana que vem é meu aniversário. Quero presente.
Só pra avisar mesmo. Jogo um beijo para ele e vou ao ensaio, com umas duas horas de atraso.

ENCERRADO


Place: Lago de Gelo With: Everybody Music: Toxic - Britney Spears Clothing: This
credits @
avatar
Megan Ivashkov
Vampiros

Mensagens : 123
Localização : Camp

Informações
PhotoPlayer: Isabeli Fontana
Raça: Vampira

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lago de Gelo

Mensagem por Christian Markwell em Dom Jun 16, 2013 11:13 pm


Lago de Gelo

LEMBRANÇAS AMARGAS E ATAQUE - @


Ela me beija. De novo. Preciso achar um jeito de ela parar de fazer isso. Logo depois ela diz que semana que vem é aniversário dela, e que ela quer presente. É, acho que minhas suposições estavam totalmente certas sobre ela.

Assim que ela sai, olho as pessoas ao redor. Algumas, preocupadas. Outras... normais. Olhando para o céu percebi que a tempestade ainda permanecia forte. Já havia tentado muitas coisas em relação a ela, mas nada havia funcionado. Sabendo que dei o melhor de mim, fui para o meu quarto ler.

ENCERRADO


avatar
Christian Markwell
Comandante dos Guardiões

Mensagens : 158
Localização : Black Castle + Londres

Informações
PhotoPlayer: Matt Dallas
Raça: Filho das Sombras

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lago de Gelo

Mensagem por Anne Laurousen em Sab Jun 22, 2013 8:14 pm




It's Raining!




Acontece um ataque, percebo que Sarah grita, mas é logo atendida. Daniel chega para falar comigo, mas sai logo em seguida com Megan. Essa garota... Não é normal. Porque, afinal, ela gosta tanto assim de ficar com todos os garotos que vê pela frente? Será que não escuta do que é chamada? Tenho pena do diretor Ivashkov essas horas... Megan parece o tipo de garota que sempre teve tudo na vida, mas nunca esteve feliz. E então se transformou no que é.
A chuva parece que não vai parar nunca, muitos manipuladores desistiram... Percebo que estou sobrando ali. Ninguém conhecido por perto, um clima estranho e molhado. Decido voltar para o dormitório e aproveitar esse dia de chuva para estudar. Algo me dizia que não tinha ido muito bem no último teste.

ENCERRADO


Lago de Gelo -'- Com Todos -'-  Vestindo isso...

créditos a lady marmalade do Ops!

_ _ _ _ Acampamento SobreNatural RPG _ _ _ _

avatar
Anne Laurousen
Administrador

Mensagens : 107
Localização : Acampamento

Informações
PhotoPlayer: Lily Collins
Raça: Fantasma

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lago de Gelo

Mensagem por Victoria Laurencci em Seg Ago 12, 2013 12:01 am


Eu acredito que a morte, seja apenas uma porta. Que quando se fecha, outra se abre.


Estava andando distraída, por ai...Quando vi um lago...Fui até lá, flutuei até o seu centro. E me deixei afundar, era tudo tão lindo, e frio. Quase que como minha morte. Debaixo d'agua, era tudo tão lindo, uma imensidão azul. Alguns raios ultrapassavam a expeça camada de gelo, iluminando e dando vida a tudo.

.


Fantasma || Camp Supernatural
CREDITS @

.
avatar
Victoria Laurencci
Guardião

Mensagens : 9

Informações
PhotoPlayer: Bryce Dallas Howard
Raça: Fantasma

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lago de Gelo

Mensagem por Jean Devanivie em Seg Fev 09, 2015 3:34 am





Minha Parte no Plano...










Sim. O Mundo SobreNatural estava um caos dos grandes. Se no Black Castle as coisas estavam inquietas eu imagino toda a confusão no Acampamento SobreNatural. Todos que passavam pela recepção falavam o quando Nick parecia não se importar com os acontecimentos, dizendo que ele era um homem insano. Que o Presidente era um tanto quanto dissimulado eu já sabia, mas ele não era idiota e muito menos fraco. Claro que ás vezes suas atitudes extremas me assustavam, mas eu exigia em permanecer confiante em tudo que ele diria dar certo. E nesse seu plano não seria diferente.

Minha parte do plano começou muito antes. Era uma tarde sombria como tantas outras, os ataques já haviam começado e os guardiões já estavam começando a espalhar os primeiros rumores da insanidade do Presidente. Estava em um dia normal de trabalho, foi quando o telefone da recepção tocou e eu fiz questão de atender no lugar de qualquer outro recepcionista. Era Nick Nightraven, que me ordenou que eu fosse imediatamente até seu escritório e que com certeza aquilo queria dizer que eu perderia algumas boas horas de trabalho. Eu obedeci sua ordem imediatamente.

Minha conversa com Nick não foi uma boa conversa da tarde entre amigos. Normalmente ele é gentil e atencioso comigo, ainda que não muito, mas dessa vez ele se demostrou completamente diferente. Sim, aquilo foi extremamente decepcionante e devo admitir que me magoou, mas tão pouco posso lhe culpar. Antes de mais nada ele explicou o que exigia de mim. Eu tentei protestar várias vezes, mas ele de certa forma acabava sempre a me mandar calar a boca e ordenava á prestar atenção no que ele falava.

Nick havia quebrado uma parte de sua alma fazendo um sacrifício humano, mas para a minha sorte ele me poupou dos detalhes. O que ainda me deixou completamente apavorada e a pensar que talvez ele estivesse realmente insano. Mas, eu ainda tinha uma promessa comigo mesma, eu iria confiar totalmente nele. O que ele queria com esse sacrifício humano era passar para mim um dom que ele me disse possuir deis que nasceu.

Nick Nightraven era um bruxo necromântico. Eu já havia ouvido falar sobre bruxos portais, mas nunca imaginei que um homem tão próximo, um amigo seria um. Também já ouvi falar das dores "maravilhosas" que um bruxo necromântico sentia toda vez que algum ser sobrenatural morria e tinha que passar por si, ele era obrigado a sentir a dor da morte de cada um deles.

_ Espera! Você quer me passar esse dom? - Perguntei depois de estar um bom tempo em silêncio, já estava começando a achar que já não sabia pronunciar palavras. Ele estava de costas para mim, encostado em sua mesa enquanto eu encarava seus cabelos negros sentada a uma cadeira na frente de sua mesa. Nick se virou tão lentamente e me encarou com se a resposta da minha pergunta fosse óbvia.

_ Você não é uma homem de dar presentes de graça, Nick. O que você está planejando? - Perguntei o encarando. Ele abriu um meio sorriso e sentou-se a minha frente.

Nick me explicou que tinha reunido 24 bruxos de sua extrema confiança e que junto comigo, nós deveríamos montar um pentagrama em torno de todo Acampamento SobreNatural e ele foi bem exigente, deixando claro que era obrigatório 5 bruxos estarem em cada uma das 5 pontas equidistantes (distâncias iguais um dos outros) desse pentagrama.

_ O que eu faço depois? - Perguntei após ele fazer questão de desenhar todo o mapeamento em uma folha. O bruxo ergueu os olhos da folha e apenas disse que os outros bruxos cuidariam do resto, eu só deveria pronunciar as palavras para me "ativar" e me tornar um portal entre os dois mundos e aguentar o resto quando fosse dado o sinal.

_ O que exatamente você quis dizer com esse resto, Nick? - Perguntei nem um pouco animada e nada ansiosa para receber a resposta.

O bruxo me explicou que quando eu pronunciasse as palavras, todas as almas dos campistas mortos na batalha no Acampamento SobreNatural iriam retornar ao seus corpos através de mim. Eu iria sentir a dor da morte de cada um deles e todos iriam passar por mim, pois eu seria um portal para os dois mundos naquele momento.

_ Nick, são milhares de campistas, um bruxo pode aguentar tudo isso? - Nick revirou os olhos e informou que eu estava sendo dramática e exagerada. Aquilo definitiva deitou-me irritada, resmunguei.

_ Diz isso porque não é você que vai aturar dezenas de dores em uma única vez. - Ele fez um comentário informando que sente dores deis de criança e que eu não iria sentir todas de uma única vez.

_ Obrigada. - Forcei um sorriso sarcástico. _ Isso me tranquiliza. - Ele prosseguiu como se eu não tivesse falado nada e isso é definitivamente um saco!

O bruxo levantou-se novamente e após voltar estava segurando um copo. Ele fez um comentário sobre eu precisar tomar o sangue do tal sacrifício para a transferência se completar. Eu neguei, óbvio. Nick revirou os olhos e disse para parar de fazer drama e imaginar que estou tomando um delicioso suco de tomate necromântico, uma última moda na França! Devo admitir que seu senso de humor é péssimo. Peguei o copo bruscamente de sua mão e antes de beber o encarei.

_ Quando tudo isso acabar, antes de eu lhe devolver esse seu dom, eu vou arrancar esse seu sorriso! - O gosto do sangue é horrível! Nunca tomei suco de tomate, mas tenho certeza que é melhor. Abaixei o copo e fiz uma careta por impulso. Nick fez o comentário desnecessário me informando que meu nariz estava sujo. Reverei os olhos.

_ Você não tem um comentário melhor para fazer, não? - Resmunguei limpado meu nariz. Pelo menos alguém estava se divertindo com a situação.

II

Até aquele momento, nós fizemos tudo como o plano. O pentagrama já estava do jeito que o Presidente havia exigido. Cada grupo já estava em seus postos, esperando o sinal. Apenas eu que estava péssima! Cada campista que morria passava por mim e eu sentia suas dores de morte, algumas piores que as outras. Mas, ainda assim eram brutais. Eu não tinha nem um minuto de folga, era o tempo todo. Um dos bruxos me olhava a cada grito.

_ Estou bem. - Menti e naquele momento desejei matar Nick.

Eu e os 4 bruxos que me acompanhavam naquela ponta, estávamos no Lago de Gelo, pois eu achei que era um bom lugar.

Um lugar aberto. Com pinheiros cobertos de neve (no inverno) e um vasto lago congelado que por mais calor que faça ele jamais se descongela. O porque dele ser assim ninguém sabe, mas todos inventam alguma solução para o mistério. Mas isso é apenas histórias, lendas. A mais comum é que ele é congelado por magia e por essa razão não se descongelaria. Eu acho até excitante essa solução, mas como disse ninguém sabe, são apenas soluções inventadas.

Eu não estava me sentindo muito confortável com a minha roupa. Usava um vestido curto preto todo rendado acompanhado por sapatos de salto alto pretos, maquiagem leve, uma sombra púrpura, lápis de olho pra realçar os meus olhos azuis e um batom bem vermelho. Nick teve o prazer de me ver e como ele mesmo disse, eu estava parecendo uma verdadeira bruxa das trevas o que eu considerei um elogio, vindo dele. Já Victor, ele me disse que não queria me ver assim no dia do nosso casamento. Eu tive que sorrir, naquele momento imaginei se Nick aceitaria meu convite de padrinho...

Já fazia um bom tempinho que estávamos ali. Um bruxo me aconselhou a sentar e relaxar. Entenda uma coisa, não tem como relaxar quando a cada minuto uma dor aleatória e horrível lhe invade. Sem contar na preocupação que sentia com o fato de Victor e Nick, aquilo era como uma tortura! Mas, mesmo assim obedeci o bruxo e sentei-me esperando o momento certo.

O tempo não passava. Eu estava começando a ficar preocupada. Não aguentava mais ficar sentada com os bruxos que me acompanhavam. Fechei os olhos e chamei por Victor: "Victor! Amor onde você está? Espero que esteja bem... Que Nick saiba realmente o que está fazendo." Quando tornei a abrir os olhos apenas ouvi algo se aproximando. No começo pensei que fosse algum inimigo e tenho certeza que os bruxos que me acompanhavam também, pois eles levantaram, mas não se moveram. Porém era apenas Victor Marks, meu noivo, que não estava na melhor das aparências o que me deixou apavorada. Levantei-me rapidamente e me aproximei dele, mas antes de dizer qualquer coisa ele se apressou para dizer que estava bem, porém isso não me acalma, ainda estou muito preocupada com ele. Comecei a sussurrar minha magia de cura. Mas, um dos bruxos me alertou que estava na hora do grande ritual.

_ Amor, eu preciso ir. - Disse olhando apressada para a direção do bruxo. _ Tudo vai dar certo. Vamos conseguir! - Forcei um sorriso, mas devo admitir que estava morrendo de medo de falhar em algo. _ Eu volto logo! - Disse enquanto corria para a direção do bruxo. E por incrível que pareça eu não caí na corrida por causa dos saltos altos.

Nós, os 25 bruxos estávamos unidos pelo pentagrama. Não demorou para sentir uma enorme quantidade de magia a se esvair. Toda a magia era das lutas, das mortes e de todo o caos que aquele acampamento havia sofrido naquela sádica noite. Para onde a magia ia? Bem... Digamos que era para o homem mais dissimulado e inteligente que eu já havia conhecido.  

Todos ficaram em silêncio me observando quando terminamos o primeiro passo. Agora, era a minha vez.

_ Pugna spiritus invoco purus a tenebris ad propriam retorner corpora! - Recitei e pude sentir a magia dentro de mim. Era uma magia anormal. Por alguns minutos apenas a senti por todo o meu corpo, mas o ambiente parecia perfeitamente normal. Nada de espíritos ou das dores de suas mortes. Olhei para os bruxos que estavam com expressões faciais surpresas olhando para todo o redor, tentando me encontrar. Então, pude observar várias luzes florescentes caminhando em minha direção e quanto mais próximas eu pude observar suas formas e rostos. Os 4 bruxos ali nem pareceram notar.

Uma garotinha pequena estava a frente de todos, a observava perplexa. Vinham crianças e adolescentes de todos os lados do Lago de Gelo, todos caminhando até mim. Pude contar 61 espíritos.

As próximas dores foram as piores que eu já imaginei sentir. Se eu acha ruim uma dor de morte por vez, imagine sentir 61 dores de mortes seguidas, com intervalos minúsculos. Todos atravessando meu corpo como se eu fosse uma porta aberta, e de fato eu era. A travessia para o mundo dos vivos e dos mortos, o portão, a porta, a passagem.

Primeiro foi a garotinha, ela morreu de um jeito brutal e lento. Foi esfaqueada e pisoteada, morreu por perda excessiva de sangue. Pude sentir a facada e milhares de pés invisíveis atropelando meu corpo. Depois, senti mais facadas, corações sendo arrancados, magias negras... Foi horrível!

Então eu caí no gelo. Tudo havia acabado. Eu havia conseguido ressuscitar todos os campistas mortos e não estava nem um pouco bem... Meu corpo inteiro estava doendo, minha cabeça explodindo, meu nariz parecia um jato ambulante vermelho. O céu nebuloso parecia girar... "Consegui, Nick!" Foi a última coisa que pensei antes de apagar.


...de Nick Nighthaven.


MIIRA @ OPS!




avatar
Jean Devanivie
Recepcionista do BC

Mensagens : 83
Localização : New York

Informações
PhotoPlayer: Deborah Ann Woll
Raça: Bruxa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lago de Gelo

Mensagem por Jean Devanivie em Qua Fev 18, 2015 1:06 am


Encerrado!
avatar
Jean Devanivie
Recepcionista do BC

Mensagens : 83
Localização : New York

Informações
PhotoPlayer: Deborah Ann Woll
Raça: Bruxa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lago de Gelo

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum